Pular para o conteúdo principal

Seja otimista! A sua saúde lhe será muito grata.

Pensar positivamente além de nos ajudar a sermos mais saudáveis, nos serve de estímulo para transpor as barreiras cotidianas.
Um estudo norte-americano, desenvolvido pelas Universidades de Kentucky e Louisville, concluiu ao analisar estudantes de Direito, que aqueles com perspectivas otimistas em relação ao futuro eram coincidentemente os que obtinham os melhores resultados ao realizar qualquer tratamento médico.

A conclusão da análise é de que o otimismo voltado a realização de um objetivo específico - que no caso seria a cura de infecções, tumores e diversas outras doenças - faz com que haja um fortalecimento e conseqüentemente uma melhora da resposta imunológica e do prognóstico, proporcionando um aumento das chances de evolução do quadro de doença para a cura do paciente.

Fonte: Portal Inteligemcia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Movimentos involuntários? Você pode estar diante de uma distonia.

Quem nunca observou aquela pessoa ao seu lado e percebeu um movimento rápido e que produz posturas que muitas vezes até julgou serem engraçadas? Fique você sabendo que este é um problema que afeta milhares de pessoas no mundo todo, e que não tem nada de engraçado, uma vez geralmente provoca intensas dores nos indivíduos acometidos, estando na maioria das vezes associado a quadros depressivos, uma vez que afasta a pessoa de suas atividades cotidianas e até  do convívio social, por conta do preconceito e da falta de informação da população acerca deste assunto.

Biorritmo: Ciclo Circadiano

O relógio biológico do corpo obedece uma silenciosa lei, regrada pelos hormônios e pelos fenômenos naturais, de posse deste conhecimento, nós com muita sabedoria poderemos sincronizar as atividades e hábitos cotidianos a esse relógio natural, veja como:


Acne: como eliminar as cicatrizes?

A tendência a desenvolver acne na adolescência é de predisposição genética, depentente do fator hormonal, já as cicatrizes resultantes das espinhas é algo pessoal e depentente da existencia ou não do hábito de manipular o rosto e cutucar as espinhas, o qual geralmente é encontrado naquelas pessoas que já desenvolveram casos graves de acne.