Por que meditar?



Todos ouvimos falar já há muito tempo sobre meditação. Essa prática foi divulgada no ocidente a partir dos anos sessenta, junto com o movimento hippie. Como tudo que é novo e desconhecido, e como a proposta do movimento hippie era a de rompimento com o que já não funcionava mais e a introdução de uma cultura mais livre e feminina como a oriental, a meditação foi, por muito tempo, vista como uma atividade “de loucos”.
Hoje a ciência comprova: a meditação somente nos traz benefícios, pois ela nos proporciona a possibilidade de encontro com aquilo que há de mais profundo dentro de nós. Ela equilibra as emoções, nos põe em contato com nosso subconsciente, provoca o relaxamento através do “esvaziamento” de nosso campo mental, sua prática constante desenvolve a concentração e o autocontrole, equilibra a ansiedade, além de nos direcionar por um caminho espiritual mais consistente e realizador.
A meditação é, inegavelmente, uma colaboradora no processo de fundamentação de nosso desenvolvimento mental e espiritual e nosso sentido de vida. Não existe desenvolvimento do espírito sem a prática da meditação.
Diz Tarthang Tulku (um Lama Tibetano): “Alcançar uma perspectiva mais ampla é como abrir uma janela num quarto abafado; toda a atmosfera se renova e a brisa fresca traz alternativas para nossas maneiras habituais de reagir. Por meio da prática da autoobservação na meditação e na vida diária, mesmo as nossas questões mais profundas podem ser respondidas. Podemos descobrir o que somos e o que estamos fazendo nesta terra. Por fim, poderemos entrar em contato com um corpo de conhecimento tão vasto que toca todas as coisas”. De verdade, a prática da meditação promove a possibilidade de tudo isso, pois ela abre canais que não imaginamos possuir. Sem nos percebermos de como acontece, enxergamos a vida sob novas perspectivas, adquirimos novas maneiras de solucionar problemas, o canal de intuição e de comunicação com energias sutis é lentamente aberto. Quando nos utilizamos de mantras, aliados à meditação e respiração, “o milagre” é ainda maior. Os mantras, ou palavras de poder, têm uma função energética curativa e transformadora. O uso apropriado de certos mantras dissolve imediatamente energias negativas ao nosso redor, transformando nossa energia mental e espiritual e a energia do ambiente em que vivemos. “O mantra é como uma pedra encantada que desperta a energia sutil da mente iluminada”, diz Tarthang Tulku.
Quando praticamos a meditação diariamente, milagres acontecem em nossas vidas, milagres que para muitos de nós são inexplicáveis, mas que com o conhecimento entendemos o porquê. Aprenda a meditar e pratique a meditação. Compreenda a importância dessa prática e aprenda algumas técnicas eficientes que tenham a ver com seu temperamento, para que você tenha a oportunidade de avalizar tudo isso.

Dica: Respire fundo
Sempre que sentir que a intolerância e impaciência estão tomando conta de seu organismo, respire fundo e procure dentro de você o real motivo desses sentimentos. Olhe atentamente para a pessoa que provocou essa reação em você e procure percebe la como uma pessoa como você, carregada de conflitos e sentimentos negativos, inseguranças e medos.
Sempre que olhamos para os outros como pessoas idênticas a nós, com problemas como nós, algo de mágico e transformador acontece.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muito obrigado por sua colaboração!